Skip to main content

Dados estatísticos

Dados estatísticos

Os dados estatísticos apresentados de seguida são editados pelo Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST, IP) e dizem respeito à Doação e Transplantação de Órgãos em Portugal.
O IPST, IP tem por missão garantir e regular, a nível nacional, a atividade da medicina transfusional e da transplantação e garantir a dádiva, colheita, análise, processamento, preservação, armazenamento e distribuição de sangue humano, de componentes sanguíneos, de órgãos, tecidos e células de origem humana.

 

Fundamentação

Como introduzido no ponto anterior, o exercício físico ajuda na prevenção e melhoria das doenças e sintomas secundários adjacentes ao transplante, tais como o excesso de peso, a diabetes, as doenças ósseas, a hipertensão arterial, entre outras complicações associadas à doença e à componente terapêutica.

O desporto para transplantados fomenta a competição saudável, objectivando a boa condição física, psicológica, social e cultural, tão importantes na conservação do transplante como na qualidade de vida do transplantado.
As actividades desportivas contribuem para a melhoria do bem-estar do doente e permitem igualmente a partilha de experiências de vida.